Mapa do SiteOutlook Mail

Portal da Transparência do Estado do Piauí foi o que mais evoluiu no Brasil

PDF Imprimir E-mail

ranking cortado

O Portal da Transparência do Piauí foi o que mais evoluiu no Brasil. Uma avaliação realizada pela ONG Contas Abertas mostrou que o Estado ficou entre os cinco melhores índices de transparência. Os números comprovam: a nota geral do Piauí foi de 7,21 ficando à frente de estados como Distrito Federal (6,92) e Rio de Janeiro (6,72); e ainda com pontuação acima da média nacional, que foi de 5,66. A nível regional, o Piauí aparece em segundo lugar, perdendo apenas para o Pernambuco, com média de 8,14.

O controlador-geral do Estado, Darcy Siqueira, aponta que enquanto estados que possuem secretarias específicas apenas permutaram a posição, o Piauí se destacou com a elevação de quase 20 posições no ranking da transparência. Os resultados são mérito do trabalho da equipe da CGE e parceiros. “A melhoria do portal teve a contribuição de toda a nossa equipe e dos analistas da Unidade de Tecnologia da Secretaria Estadual de Fazenda (UNITEC/SEFAZ), da Agência de Tecnologia da Informação (ATI) e do Tribunal de Contas. O Piauí passou por cima de todos os estados sendo um dos cinco que tiveram nota acima de sete, nota considerada boa”, ressaltou.

Para Márcio Barros, auditor governamental da área de TI da CGE, e coordenador do projeto, a elevação da qualidade se deve não só às parcerias com outros órgãos, mas também aos investimentos na área. “O investimento na capacitação de pessoal possibilitou esse avanço e intensificamos a interação com outros órgãos de excelência como TCU, CGU e TCE. Dessa forma, garantimos os bons resultados”, afirma o auditor, ao ressaltar que o órgão também buscou ouvir as sugestões da sociedade em relação aos novos mecanismos que permitissem uma facilidade na busca de informações.

Piauí sai da lista dos piores Portais da Transparência

Esta já é a terceira avaliação realizada pela ONG, que julga de dois em dois anos os critérios de usabilidade, série histórica e frequência de atualização e conteúdo. Em uma comparação das duas últimas edições é possível perceber uma grande evolução no desempenho do estado. Em 2012, o Piauí estava na 24ª colocação, com a média geral de 3,96 e conseguiu subir quase 20 posições, com crescimento em todos os índices avaliados.

No quesito usabilidade, a nota dada ao Piauí subiu de 3,89 para 6,7; quanto ao conteúdo, houve uma melhora significativa, passando de 3,88 para 7,36. Mas a maior evolução aconteceu no quesito atualização, que era de 5,0 em 2012 e se destacou na última avaliação com nota 9,6.

Agora, o objetivo é no mínimo manter  o bom desempenho. “A meta estabelecida pela equipe era ficar entre as dez melhores e superamos as expectativas ficando em quinto.  O trabalho foi feito de forma tão séria e competente por nossa equipe, que conseguimos um resultado surpreendente. Mas não vamos parar por aí. Vamos intensificar a parceria com o Tribunal de Contas para que esses dados sejam disponibilizados diretamente no Portal. Assim, poderemos melhorar a nota no critério usabilidade, que permite maior facilidade do usuário obter a informação", afirma o controlador-geral.

Escrito por Virgínia Santos   
 

Adicionar comentário

Será rejeitada a mensagem que desrespeitar a lei, apresente linguagem ou material obsceno ou ofensivo, seja de origem duvidosa, tenha finalidade comercial ou não se enquadrem no contexto do sítio. A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores.


Código de segurança
Atualizar