Mapa do SiteOutlook Mail

Padronização de despesas ajudará Estado a reduzir gastos

PDF Imprimir E-mail

 

A Controladoria-Geral do Estado do Piauí (CGE) instituiu uma metodologia de trabalho para padronizar os diversos procedimentos administrativos de geração de despesa pública no âmbito do Poder Executivo Estadual. Para isso, a CGE está lançando uma série de manuais para orientar gestores e servidores do Governo do Estado no processo de execução de despesas com o intuito de contribuir para a melhoria do gasto público.

O primeiro da série publicado pela CGE é o Manual Operacional das Despesas com Diárias.

“Essa foi uma diretriz do governador assim que assumimos em janeiro. Ele pediu para que nós encontrássemos mecanismos para reduzir ao máximo as despesas correntes, em especial, as de custeio da máquina pública, para que sejam revertidas em investimentos”, explicou o controlador-geral do Estado, Nuno Bernardes.

Ano a ano, as despesas com diárias têm reduzido, muito em virtude de controle já existente nos órgãos. De acordo com dados do Sistema Integrado de Administração Financeira para Estados e Municípios (SIAFEM), em 2013, foram gastos mais de R$ 36 milhões. Já em 2015, com o controle mais efetivo, o valor reduziu para pouco mais de R$ 26 milhões. A tendência, com esse trabalho, é otimizar, ainda mais, o uso do dinheiro público, possibilitando investimentos em outras áreas.

O trabalho de padronização de despesas também será estendido para locação de veículos, aquisição de combustível, contratação de terceirizados e outras despesas.

 “A Controladoria tem redirecionado suas ações no que tange as principais despesas correntes. O governador pediu para que a CGE estabelecesse procedimento padrão de atuação do mesmo modo que ocorre no setor privado. Para isso foi desenvolvido esse manual de diárias e está na iminência de publicar manuais de contratação de pessoa física e locação de veículos, aquisição de combustível e serviços terceirizados. Assim, o governador quer que o Estado seja mais eficiente e se torne mais profissional”, complementou.

Além da elaboração de manuais para orientar órgãos do Governo Estadual, a Controladoria-Geral do Estado está fazendo um trabalho permanente na folha de pagamento, em parceria com a Secretaria de Administração, bem como de análises preventivas em procedimentos licitatórios e atuação na defesa administrativa de convênios federais. 

Escrito por Virgínia Santos   
 

Adicionar comentário

Será rejeitada a mensagem que desrespeitar a lei, apresente linguagem ou material obsceno ou ofensivo, seja de origem duvidosa, tenha finalidade comercial ou não se enquadrem no contexto do sítio. A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores.


Código de segurança
Atualizar