Mapa do SiteOutlook Mail

Novo Controlador-Geral do Estado Assume CGE Oficialmente

PDF Imprimir E-mail
 
Várias autoridades participaram do evento, como o procurador-geral do Estado, Kildere Rone, que representou o governador Wilson Martins. 
Darcy Siqueira assumiu com o compromisso de trabalhar ainda mais para apresentar os resultados condizentes com a missão que lhe foi atribuída. Ele assume no lugar de Antonio Filho, que agora preside a Agespisa. “A CGE deverá obedecer aos princípios constitucionais de legalidade, impessoalidade, economicidade, proporcionalidade, ampla defesa, contraditório, interesse público e transparência no acompanhamento e fiscalização dos procedimentos do Controle Interno no âmbito dos órgãos e entidades do Poder Executivo”, afirmou o novo controlador. O foco do atual controlador será, segundo ele, a mesma metodologia utilizada pelo governador do Estado, Wilson Martins, que é a gestão voltada para resultados. Darcy confirmou que além das próprias metas da Controladoria, o órgão precisa contribuir para a fiscalização, acompanhamento e monitoramento das ações estratégicas do governo estadual.
 
 
Como metas mais específicas à frente da Controladoria, o novo controlador afirma que vai aperfeiçoar os métodos do Controle Interno, fortalecendo os Núcleos de Controle de Gestão. Além disso, Darcy afirmou que vai se empenhar para a conclusão da nova sede do órgão, da estruturação e modernização da Casa. Para o ex-controlador, Antonio Filho, o atual gestor tem todas as condições e firmou todos os compromissos que são próprios da Controladoria. “Nós todos vamos continuar colaborando com esse trabalho e sei que a CGE vai crescer ainda mais, porque a cada ano nossa categoria se fortalece mais. Barreiras existem, mas tenho certeza que o novo controlador também vai saber superá-las e quem ganha com isso é todo o Estado do Piauí”, comentou Antonio Filho. 
 
 
O procurador-geral do Estado, Kildere Rone, disse que suas palavras refletiam as do governador do Estado e que eram no sentido de reconhecer o valor do trabalho da Controladoria-Geral. “Temos certeza que tudo vai continuar a ser feito como antes e que a CGE vai poder continuar contando com a parceria com a Procuradoria do Estado e de todos os demais órgãos rumo a um fortalecimento ainda maior”, asseverou Rone.

 

Escrito por Administrador   
 

Adicionar comentário

Será rejeitada a mensagem que desrespeitar a lei, apresente linguagem ou material obsceno ou ofensivo, seja de origem duvidosa, tenha finalidade comercial ou não se enquadrem no contexto do sítio. A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores.


Código de segurança
Atualizar