Mapa do SiteOutlook Mail

Governo trabalha para aumentar transparência na Administração

PDF Imprimir E-mail

O trabalho realizado pela Controladoria Geral do Estado - CGE, que possui uma unidade funcionando na Secretaria de Administração, é considerado positivo pelo auditor governamental Hamon Stelitano Varêda. Segundo ele, nesses 100 dias de Governo foram analisadas e emitidas mais de 70 opiniões por meio de despachos e pareceres que representam em torno R$ 38 milhões de recursos públicos que envolvem contratação, prorrogação de contratos e pagamentos diversos.

Além desse auditor, existem mais três controladores que compõem a equipe de apoio da CGE na Sead. O objetivo é analisar a regularidade das contratações, a economicidade, a formalidade e os pagamentos. “Nossa função consiste também em assessorar o secretário Franzé Silva no que diz respeito aos processos de pagamento de despesa pública e contratação de bens e serviços, dando maior celeridade nos processos”, explicou.

Segundo Hamon Stelitano Varêda, qualquer pessoa pode acompanhar os gastos públicos e ter acesso às informações, através do Portal da Transparência, que é o www.transparência.pi.gov.br . O auditor governamental disse que o Portal do Piauí está entre os cinco melhores do Brasil, perdendo apenas para Espírito Santo, Pernambuco, São Paulo e Santa Catarina. A classificação foi feita pela ONG Contas Abertas, que é uma entidade da sociedade civil, sem fins lucrativos e que tem a finalidade de fiscalizar os gastos públicos.

O secretário Franzé Silva acrescentou ainda que, em breve, a Secretaria de Administração vai dispor de uma página na internet para facilitar o acesso rápido e eficiente para quem quiser verificar editais, contratos, pagamentos, licitações e outros processos em andamento. “Tudo isso para garantir total transparência de nossas ações como gestor público”, pontuou.

 

Fonte: Sead

Escrito por Virgínia Santos   
 

Adicionar comentário

Será rejeitada a mensagem que desrespeitar a lei, apresente linguagem ou material obsceno ou ofensivo, seja de origem duvidosa, tenha finalidade comercial ou não se enquadrem no contexto do sítio. A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores.


Código de segurança
Atualizar