Mapa do SiteOutlook Mail

Estado vai implantar Observatório da Despesa Pública

PDF Imprimir E-mail

Representantes da Controladoria-Geral do Estado do Piauí (CGE-PI) participaram nessa quinta-feira (22), do Seminário do Observatório da Despesa Pública, realizado pela Controladoria-Geral da União (CGU), em Salvador (BA). O objetivo do encontro foi apresentar o projeto Observatório da Despesa Pública Estadual (ODP.estadual) aos estados do Nordeste. A intenção é ampliar o modelo para todo o País.

O controlador-geral do Piauí, Darcy Siqueira e os auditores Alexandre Chaves e Décio Moura estiveram presentes no evento e puderam conhecer, detalhadamente, como funciona o projeto instituído pela CGU e como se deu a aplicação do modelo na Bahia e em Santa Catarina, estados piloto na proposta de expansão do Observatório.

Segundo Darcy Siqueira, a proposta da CGU é replicar o modelo para todos os órgãos estaduais contemplando, também, em uma próxima etapa, os órgãos municipais. O Piauí é a primeira unidade federativa a manifestar interesse na parceria, após a implantação dos pilotos da ODP.estadual. 

O Estado, por meio da CGE, firmou Acordo de Cooperação Técnica com a CGU para implantar a iniciativa. O extrato do Acordo foi publicado no Diário Oficial da União de segunda-feira (19 de Outubro).

odp-estadual

Controlador-geral do Estado entre gerente de projetos da CGU, Luciano Altoé e  Gilson Libório, diretor de informações estratégicas da CGU

Conhecendo experiências

Na oportunidade de ida a Salvador, os representantes da CGE-PI visitaram a Auditoria Geral do Estado da Bahia (AGE-BA) para conhecer como funciona o ODP. 

"No seminário, conhecemos as experiências dos estados que foram piloto no projeto e conhecemos in loco como funciona na Bahia para subsidiar o Piauí na implantação do ODP.estadual. O Observatório será muito importante para o Estado pois será uma espécie de laboratório onde serão produzidas informações estratégicas para melhor tomada de decisões", ressalta o controlador.  

ODP.estadual

O ODP.estadual consiste na expansão do projeto já desenvolvido pela CGU, voltado para a aplicação de metodologia científica, utilizando tecnologia da informação de ponta para a produção de informações que visam a subsidiar e a acelerar a tomada de decisões estratégicas, por meio do monitoramento dos gastos públicos.

O sistema permitirá a integração de metodologias da CGE e da CGU, bem como o intercâmbio de experiências, informações e tecnologias, de forma a incrementar as ações de prevenção, de combate à corrupção e de monitoramento das despesas públicas. 

Escrito por Virgínia Santos   
 

Adicionar comentário

Será rejeitada a mensagem que desrespeitar a lei, apresente linguagem ou material obsceno ou ofensivo, seja de origem duvidosa, tenha finalidade comercial ou não se enquadrem no contexto do sítio. A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores.


Código de segurança
Atualizar