Mapa do SiteOutlook Mail

Controladorias do AM, Rio de Janeiro e Macapá vêm a Teresina conhecer SINCIN

PDF Imprimir E-mail

A Controladoria-Geral do Estado do Piauí (CGE) vai receber nesta quinta-feira (10), representantes das Controladorias do Estado do Amazonas e dos municípios do Rio de Janeiro (RJ) e Macapá (AP) para conhecer a nova política de controle interno do Poder Executivo do Piauí. A proposta é levar a experiência para seus estados e adequá-las à realidade local. A apresentação da CGE/PI às Controladorias acontecerá às 10h, na Controladoria. 

Desde 2017, a CGE/PI tem realizado mudanças nas práticas de controle interno do governo estadual, com foco cada vez mais preventivo, gerindo riscos, antes que falhas e irregularidades ocorram.  

Um dos pontos mais relevantes da reestruturação do controle interno no Piauí tem sido a utilização do Sistema Integrado de Controle Interno (SINCIN), que padroniza as análises de despesas por meio de um checklist, com questões baseadas nas legislações vigentes. O sistema foi implantado nos órgãos estaduais há menos de um ano e já colhe resultados positivos, uma vez que uniformiza as análises dos processos de despesa no Governo, reduz o tempo de análises, evita falhas procedimentais e garante resultados mais efetivos no controle do gasto público.

“Vamos explicar o conceito do sistema, como está integrado dentro da metodologia de trabalho  de controle preventivo, de prevenção de riscos e correção de desvios, aliado com capacitação permanente, com regulamentação das atividades do controle interno e definição de controles baseados em linhas de defesa, previstas numa declaração de posicionamento do Instituto  dos Auditores Internos”, explicou o gerente de Controle Interno, Márcio Rodrigo Souza. 

Para o controlador-geral do Estado, Nuno Bernardes, o SINCIN é uma importante ferramenta de controle, desenvolvida genuinamente pela Controladoria-Geral do Estado e que já traz vários resultados positivos para o Piauí.

“No âmbito do Poder Executivo, essa ferramenta está sendo utilizada pelos controles internos de cada órgão. Isso está ajudando, facilitando, dando economia muito grande no tempo de análise dos processos além de maior segurança aos gestores, quando forem efetuar atos de empenho e pagamento. Com isso, seguindo a diretriz do Governador Wellington Dias, o estado está primando cada vez mais pela regularidade da sua gestão. Uma importante ação que só enaltece o trabalho da Controladoria e da equipe de auditores governamentais”, ressaltou.

Escrito por Virgínia Santos   
 

Adicionar comentário

Será rejeitada a mensagem que desrespeitar a lei, apresente linguagem ou material obsceno ou ofensivo, seja de origem duvidosa, tenha finalidade comercial ou não se enquadrem no contexto do sítio. A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores.


Código de segurança
Atualizar