Mapa do SiteOutlook Mail

Consultora alemã acompanha prestação de contas do PROSAR junto à CGE

PDF Imprimir E-mail

Auditores da Controladoria-Geral do Estado (CGE) receberam nesta quarta-feira (14), a consultora independente encarregada pelo Banco alemão KfW, Cathrin Denker. Em solo piauiense, ela acompanhou a prestação de contas do Programa de Saúde e Saneamento na Área Rural do Piauí (PROSAR), em missão de controle final do Programa.

alemaprosar1

O banco doou cinco milhões de euros para o saneamento básico de áreas rurais atendidas pelo Sistema Integrado de Saneamento Rural (SISAR), beneficiando 43 mil pessoas na macrorregião do semiárido com água tratada e sistema de esgotamento sanitário.

O Programa de Saúde e Saneamento na área Rural do Piauí (PROSAR) tem por objetivo a construção e a melhoria do sistema de abastecimento de água e do esgotamento sanitário com a construção de módulos sanitários e medidas de mobilização, sensibilização e organização social na área rural do Piauí. Também faz parte do projeto a educação sanitária e ambiental das comunidades envolvidas.

alemaprosar2

Na reunião de hoje, participaram o gerente de Auditoria, auditor governamental Francinelson Costa, a auditora governamental Teresinha de Jesus Oliveira; Cathrin Denker, do banco KfW; o gerente de Projetos do PROSAR, Eurivan Castelo Branco e o gerente de Planejamento do Programa, José de Ribamar.

Teresinha de Jesus Oliveira acompanha a execução do programa desde o seu início, em 2007 e explica como foi a atuação da CGE junto ao Programa.

“A CGE vem acompanhando o programa, apresentando um Relatório de Auditoria Anual sobre a prestação de contas e enviando para o banco alemão. Neste mês, apresentamos as prestações realizadas nos exercícios de 2016 e 2017, coincidindo com o encerramento do contrato de doação. Esta é uma ação que beneficia milhares de pessoas, famílias de baixa renda de municípios como Santa Cruz dos Milagres, Tanque do Piauí, Bom Princípio e outros que receberam investimentos na área de saneamento”, disse.

De acordo com a Coordenadoria de Fomento ao Saneamento Rural, órgão responsável pelo Programa, mais recursos devem ser investidos em um novo Sistema Integrado de Saneamento Rural (SISAR), desta vez para atender a macrorregião do meio norte do Piauí. A previsão é que se inicie em abril, beneficiando, inicialmente 4 mil pessoas.

Escrito por Virgínia Santos   
 

Adicionar comentário

Será rejeitada a mensagem que desrespeitar a lei, apresente linguagem ou material obsceno ou ofensivo, seja de origem duvidosa, tenha finalidade comercial ou não se enquadrem no contexto do sítio. A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores.


Código de segurança
Atualizar