Mapa do SiteOutlook Mail

CGE vai contribuir com Ministério Público de Contas para fortalecer controle interno nos municípios

PDF Imprimir E-mail

Em visita institucional à Controladoria-Geral do Estado (CGE), na manhã desta sexta-feira (05), o procurador-geral do Ministério Público de Contas, Plínio Valente e o controlador-geral do Estado, Nuno Bernardes reforçaram a parceria entre os dois órgãos com o objetivo de fortalecer o controle interno nos municípios. 

cge-mpcontas2

Durante a visita, o procurador-geral conheceu a estrutura da CGE e alguns projetos desenvolvidos pela Controladoria e apresentaram algumas ações que podem ser desenvolvidas em parceria. 

“Somos dois gestores recém-empossados e por dever constitucional, devemos atuar em conjunto. Discutimos alguns projetos e apresentei algumas atividades exitosas que a Controladoria possui como o Portal da Transparência e manuais operacionais das despesas públicas. Dr. Plínio tem interesse em cobrar transparência e regularidade dos municípios, então, vamos prestar esse auxílio e vários outros trabalhos que, na medida do possível, vamos compartilhar, sempre prezando pela regularidade da gestão pública e princípios administrativos. A Controladoria fica honrada com a visita e nossa intenção é estreitar ainda mais os laços que temos com aquela Corte”, explicou Nuno Bernardes. 

cge-mpcontas4

O controlador-geral explica que não é atribuição da CGE fiscalizar os municípios, mas a intenção é dar suporte ao Ministério Público de Contas para conseguir fortalecer os controles internos dos municípios. 

“Dr. Plínio propôs a ideia de intermediar para que a Controladoria possa fazer o trabalho preventivo, por meio de qualificação dos servidores municipais que exercem função de controle interno, para evitar que irregularidades venham a ocorrer, bem como dar suporte técnico no que tange tecnologia da informação. Ele tem interesse em cobrar transparência dos municípios e o Portal da Transparência do Piauí é um modelo. O objetivo é que a Controladoria possa oferecer suporte técnico e estamos à disposição, seja para treiná-los, seja para fornecer nossa tecnologia. O que for em prol da gestão publica do Estado e dos municípios, a Controladoria tem total interesse em cooperar com o Ministério Público de Contas”, complementou. 

 

Confira outras fotos da visita:

 

cge-mpcontas1

cge-mpcontas5

cge-mpcontas06

 

Escrito por Virgínia Santos   
 

Comentários  

 
0 # Maria do P S Silva 09-08-2016 00:27
O Município de São Francisco do Piauí está sem transparência junto a educação e devedor junto aos professores o salário de julho/2016. Os 4 milhões foram parar onde? O dinheiro de acordo com o sindicato veio para a educação. Lá está acontecendo algo estranho! Vocês estão aptos a buscar transparência e regularidade nas contas, não é isso? Por favor, urgente, porque já tem professor passando fome com a família.
Obrigada pela consideração junto a quem recebe pouco e agora nada. Misericórdia!
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
0 # Maria do P S Silva 09-08-2016 00:37
São Francisco do Piauí necessita de transparência! Investiguem. Algo estranho nas contas públicas de lá porque professor não recebe salário e já está passando fome. Greve já! Sindicado avisa que veio 4 milhões para a educação.
Obrigada! As misericórdias de Deus duram para sempre!
Responder | Responder com citação | Citar
 

Adicionar comentário

Será rejeitada a mensagem que desrespeitar a lei, apresente linguagem ou material obsceno ou ofensivo, seja de origem duvidosa, tenha finalidade comercial ou não se enquadrem no contexto do sítio. A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores.


Código de segurança
Atualizar