Mapa do SiteOutlook Mail

CGE PI desenvolve projeto para padronizar realização de auditorias

PDF Imprimir E-mail

marcio-rodrigo-cge-capa

Auditores governamentais da Controladoria-Geral do Estado do Piauí (CGE PI) estão trabalhando em um projeto que visa padronizar os procedimentos de auditoria realizados pelo órgão. O modelo de auditoria que está sendo elaborado vai conter as etapas que vão desde o planejamento até o monitoramento dos resultados.

A equipe que trabalha no projeto é composta pelos auditores governamentais Alexandre Chaves, Candice Maria Escórcio, Deodoro Cunha, Fernando Gama, Gilberto Silva e o gerente do projeto, auditor Márcio Rodrigo Souza. A primeira etapa do plano, que traça os passos para identificar as prioridades, foi concluído. Nesta fase, foram elaboradas cinco perspectivas. São elas: a identificação do órgão ou entidade; a ação do governo; suas funções e em quais vem atuando; a natureza da despesa; e de onde vêm os recursos e quem os gerencia. A partir daí, outros três indicadores vão ajudar no plano para a auditoria: a materialidade; relevância para a sociedade e ao próprio estado; e criticidade, que é a ponderação da possibilidade de ocorrer desvio de recurso ou produto não ser entregue.

Segundo Souza, todas as cinco perspectivas vão passar pela ponderação dos três indicadores, que darão o direcionamento para realização da auditoria. “Uma vez escolhido o objeto de auditoria, nós faremos um diagnóstico para conhecer a sua operacionalização, como funciona e detectar os riscos mais relevantes da sua gestão. A partir desse diagnóstico, será elaborada uma matriz de riscos que será o ponto de partida para o planejamento da auditoria”, explica.

Neste mês, Márcio Rodrigo vai apresentar o modelo aos demais auditores da CGE para avançar à etapa seguinte, que vai estabelecer os mecanismos de execução da auditoria. “Uma vez planejada e executada a auditoria, vamos definir como será finalizada e como será o seu monitoramento. A auditoria não vai mais acabar no relatório, pois, a partir dele, será gerado um banco de dados de recomendações expedidas cujo cumprimento será fiscalizado”.

Para o auditor, a padronização será mais que traçar os caminhos para a auditoria. “Esse projeto é de essencial importância para a melhoria dos trabalhos da CGE, sobretudo porque criará uma metodologia institucional de atuação em auditorias de conformidade e desempenho, superando a lacuna que existe atualmente. Hoje cada auditor desenvolve seus trabalhos seguindo seus próprios critérios e a partir de 2015 todos trabalharão seguindo um padrão institucional.

Escrito por Virgínia Santos   
 

Adicionar comentário

Será rejeitada a mensagem que desrespeitar a lei, apresente linguagem ou material obsceno ou ofensivo, seja de origem duvidosa, tenha finalidade comercial ou não se enquadrem no contexto do sítio. A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores.


Código de segurança
Atualizar