Mapa do SiteOutlook Mail

CGE orienta Emater sobre ações do Núcleo de Controle da entidade

PDF Imprimir E-mail

 

Auditores da Controladoria-Geral do Estado (CGE-PI) realizaram na manhã dessa segunda-feira (13), uma reunião técnica no Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural do Piauí (Emater) para orientar a entidade sobre as ações do Núcleo de Controle do Emater.

Participaram do encontro o diretor-geral do Emater, Marcos Vinícius do Amaral, o diretor administrativo-financeiro, setores de Licitação, de Pessoal e de Contabilidade, bem como os membros do Núcleo de Controle de Gestão da entidade. As auditoras Maria do Amparo Esmério e Teresinha Osório Pitombeira realizaram as orientações.

De acordo com a auditora governamental Maria do Amparo Esmério, a reunião teve como objetivo conscientizá-los da importância do controle interno na entidade, que está reestruturando o Núcleo de Controle. “Nosso trabalho foi de conscientização. Uma das atribuições do Núcleo é assessorar o gestor e os setores envolvidos em ações de competência do controle interno. Mostramos quais as atribuições do Núcleo; e reforçamos a importância de todos os setores estarem envolvidos”, informou a auditora, ao complementar que a reunião foi bastante produtiva. “A reunião foi tão positiva que já solicitaram um treinamento sobre convênios”, complementou.

Os Núcleos de Controle de Gestão fazem parte do Sistema de Controle Interno do Poder Executivo, subordinados à CGE, técnica e normativamente, através do Decreto Estadual Nº 11.434/2004. Entre as suas atribuições estão: Desenvolver ações de controle; zelar pelo cumprimento de leis e regulamentos, bem como procedimentos e normas estabelecidos pela CGE; acompanhar execução orçamentária, financeira, operacional e patrimonial do órgão ou entidade; além de realizar atividades de análise de processos de despesa, de prestação de contas de suprimentos de fundos, de convênios, de contratos de repasse, de procedimentos licitatórios, de contratos administrativos, bem como avaliar o cumprimento dos prazos estabelecidos nos convênios para prestações de contas ao órgão repassador de recursos, bem como ao Tribunal de Contas do Estado e convênios estaduais de repasse de recursos para Prefeituras, fundações, entre outros.

Escrito por Virgínia Santos   
 

Adicionar comentário

Será rejeitada a mensagem que desrespeitar a lei, apresente linguagem ou material obsceno ou ofensivo, seja de origem duvidosa, tenha finalidade comercial ou não se enquadrem no contexto do sítio. A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores.


Código de segurança
Atualizar