Mapa do SiteOutlook Mail

CGE orienta coordenadores do Projeto Viva o Semiárido para uso do SISCON

PDF Imprimir E-mail

Cerca de 20 técnicos das Unidades Regionais de Gestão de Projetos e da Unidade de Teresina do Projeto Viva o Semiárido receberam orientações da Controladoria-Geral do Estado (CGE), para uso do Sistema de Gestão de Convênios (SISCON). Também participaram do treinamento, representantes da Diretoria de Inclusão Produtiva da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) e técnicos das coexecutoras do projeto. A ação faz parte de uma semana de capacitação voltada para as coordenações do Projeto Viva o Semiárido no Piauí.  

siscon-vivasemiarido1

O Acordo de Empréstimo firmado entre o Governo do Estado do Piauí e o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola – FIDA deu a oportunidade de incremento a atividades produtivas de pequenos produtores rurais com o objetivo de contribuir para a redução da pobreza e dos níveis de extrema pobreza da população rural do semiárido piauiense.

Com recursos em mãos, produtores rurais têm a obrigação de prestar contas dos convênios, que devem estar inseridos no SISCON. A auditora governamental Luciana Gomes e a assessora técnica Rosineide Carvalho repassaram informações sobre as parcerias para subsidiar os técnicos na atualização do sistema, realizando desde o cadastro do plano a execução e prestação de contas dos recursos recebidos.

“O registro no SISCON é obrigatoriedade prevista no Decreto Nº 13.860/2009 e essencial para a boa e regular aplicação do recurso. Inclusive, a Sefaz não mais permitirá a liberação dos recursos do programa se as parcerias não tiverem regulares no sistema”, explicou Luciana Gomes. 

siscon-vivasemiarido2

De acordo com o diretor financeiro da SDR, Marcos Avelino, os técnicos serão multiplicadores desses conhecimentos.

“É um aprendizado que todas as entidades precisam, não só a SDR como o gestor maior do projeto, mas também nossos parceiros. Por isso trouxemos nossos coordenadores para essa capacitação que vão servir como multiplicadores nos municípios para auxiliar as entidades a cadastrar seus convênios e acompanhar o passo a passo de sua execução, tendo uma boa gestão desses convênios”.

Ao todo, há cinco coordenações do Projeto Viva o Semiárido no Piauí, que dão subsídio aos municípios polo onde o Projeto está inserido. 

Escrito por Virgínia Santos   
 

Adicionar comentário

Será rejeitada a mensagem que desrespeitar a lei, apresente linguagem ou material obsceno ou ofensivo, seja de origem duvidosa, tenha finalidade comercial ou não se enquadrem no contexto do sítio. A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores.


Código de segurança
Atualizar