Mapa do SiteOutlook Mail

CGE inicia 6ª turma de formação de Controlador Interno

PDF Imprimir E-mail

Iniciou na segunda-feira (19) e segue até a sexta-feira (23) mais uma turma do Curso de Formação de Controlador Interno, promovido pela Controladoria-Geral do Estado aos servidores do Estado que atuam nos Núcleos de Controle dos órgãos.

O objetivo é capacitar os servidores abordando conhecimentos sobre Controladoria Pública, controles nas licitações e contratações públicas, bem como a execução dos contratos ou execução orçamentária-financeira, utilizando o Sistema Integrado de Controle Interno (SINCIN), ferramenta criada pela CGE para gerenciamento dos processos de despesas dos órgãos do Estado.

turma-controleinterno2

Esta é a sexta turma e reúne servidores de diversos órgãos como IASPI, Delegacia Geral, Sesapi, Secult e coordenadorias. Mas também do Tribunal de Contas do Estado, que participa da capacitação para aprimorar o controle interno da Corte de Contas.

Sandra Soares trabalha no setor de Controle Interno do TCE e diz que o Tribunal visa implantar o Sistema desenvolvido pela CGE com as devidas adequações inerentes às particularidades dessa Corte de Contas.

“O controlador do TCE/PI, conselheiro Luciano Nunes Santos é uma pessoa bem proativa e juntamente com a Controladoria-Geral do Estado propôs a parceria para fazer essa implantação. Percebemos que a Controladoria tem um trabalho já estruturado e através de um Termo de Cessão, implantar-se-á essa ferramenta de Controle no TCE/PI”, informou. O técnico do TCE, Egídio Portela também participou da capacitação.

turma-controleinterno1

Para o gerente de Controle Interno da CGE, Márcio Rodrigo Souza, o curso de formação é pautado na melhoria da eficiência da gestão pública e da transparência e regularidade.

“Esta sexta turma segue a mesma metodologia das outras, de dar para os alunos uma visão sistêmica, geral sobre a gestão pública em relação às atividades de contratação, pagamento e prestação de contas identificando risco dessas atividades e, principalmente, identificando atividades preventivas para evitar que esses riscos aconteçam”, considera.

O controlador-geral do Estado, Nuno Bernardes reforça a importância da continuidade da política de controle preventivo. “É importante a continuidade desta política de controle, ainda mais quando os próprios técnicos do TCE, órgão excelência em controle externo, vem se capacitar em controle interno pela Controladoria. É um motivo que nos honra e nos orgulha muito. Vamos continuar com esta política, que é uma das grandes ações estruturantes da Controladoria, assim como outras que vem sendo desenvolvidas”, destaca.

Escrito por Virgínia Santos   
 

Comentários  

 
# Renato F. da Silva 26-03-2018 11:08
Bom dia, quando tiver outro curso desse tipo para Controlador Interno, pode participar um funcionario que é Controlador da Câmara de Cajueiro de Praia-PI? Se puder mande avisos para nosso e-mail, pois temos interesse de participar!
Responder | Responder com citação | Citar
 

Adicionar comentário

Será rejeitada a mensagem que desrespeitar a lei, apresente linguagem ou material obsceno ou ofensivo, seja de origem duvidosa, tenha finalidade comercial ou não se enquadrem no contexto do sítio. A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores.


Código de segurança
Atualizar