Mapa do SiteOutlook Mail

CGE firma parceria com Instituto de referência internacional

PDF Imprimir E-mail

 

 

IMG-20150617-WA0004

 

A Controladoria-Geral do Estado do Piauí (CGE) firmou parceria com o Instituto dos Auditores Internos do Brasil (IIA Brasil) para realizar treinamento dos auditores governamentais do órgão sobre a atividade de auditoria interna. A iniciativa tem a finalidade de uniformizar conceitos e práticas internacionais entre os auditores da CGE-PI. O IIA é referência mundial, sendo o 5º maior em atuação entre as afiliadas do IIA Global (The Institute of Internal Auditors), sediado nos Estados Unidos.

De acordo com o controlador-geral do Estado, Darcy Siqueira, a CGE do Piauí é a primeira de todas as Controladorias do País a realizar essa parceria, que envolve capacitação, acesso a conteúdos do IIA Global e IIA Brasil. "O IIA tem notoriedade internacional, portanto, esta é uma iniciativa pioneira da CGE-PI. Estamos investindo nesse treinamento que é muito importante, já que passamos pela avaliação de maturidade em auditoria interna, realizada pelo Banco Mundial e Conselho Nacional de Controle Interno (Conaci) e temos a necessidade de capacitar nossos auditores, uniformizando conceitos e procedimentos", explicou o controlador-geral do Estado.

O curso envolve dois módulos, sendo um teórico e o segundo, prático, com carga horária de 32 horas. Será realizado de 4 a 7 de agosto para turma fechada de 45 auditores governamentais, que terão conhecimento sobre os tipos de auditoria interna, auditoria baseada em riscos, além de normas da profissão, Código de Ética e estrutura internacional de práticas profissionais na forma em que se pratica mundialmente. 

Segundo o controlador-geral do Estado, a parceria com o Instituto proporcionará outros benefícios aos auditores, após o curso. "Com esta parceria, os auditores da CGE irão se filiar ao Instituto e terão acesso à biblioteca virtual do IIA Brasil e IIA Global, onde poderão encontrar materiais de referência internacional, como artigos técnicos, guias práticos, inclusive guia específico para órgãos públicos. Além disso, vamos aderir ao Código de Ética deles. Outra meta da CGE é termos, pelo menos 20% dos auditores certificados no CIA (Certified Internal Auditor), uma certificação de qualidade, aceita globalmente”, acrescentou.

Escrito por Virgínia Santos   
 

Adicionar comentário

Será rejeitada a mensagem que desrespeitar a lei, apresente linguagem ou material obsceno ou ofensivo, seja de origem duvidosa, tenha finalidade comercial ou não se enquadrem no contexto do sítio. A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores.


Código de segurança
Atualizar