Mapa do SiteOutlook Mail

CGE avalia execução do Plano de Auditoria no 1º trimestre

PDF Imprimir E-mail

A Gerência de Auditoria da Controladoria-Geral do Estado (CGE) apresentou na manhã desta quinta-feira (31), as ações realizadas no primeiro trimestre de 2016 com base no Plano de Auditoria previsto para este ano.

reuniao-gerau3

O plano prevê a realização de auditorias nas áreas de maior materialidade orçamentária e relevância social, como Educação e Saúde.

Segundo o gerente de Auditoria da CGE, Francinelson da Silva Costa, a gestão de despesa com pessoal é um dos trabalhos mais importantes tendo em vista o volume de recursos envolvidos, em torno de R$ 2,4 bilhões.

“Durante a reunião, elencamos os trabalhos na folha de pagamento dos servidores que também está sendo realizado por órgão. Iniciamos este trabalho pela Seduc, órgão de maior representatividade em termos de números de servidores do Estado. Entendemos que o trabalho na folha deve ser contínuo”, considerou.

De acordo com o gerente de Auditoria, o plano de trabalho para este ano também se destina às ações de aprimoramento dos controles internos, com a verificação do desempenho e da conformidade das atividades das unidades gestoras.

“Vamos continuar atuando na gestão de despesas com pessoal, paralelamente, às ações na Administração da Unidade que permeia todos os órgãos, pois essas duas ações têm maior representatividade no orçamento do Estado. Também está incluída a atividade da atenção de alta e média complexidade ambulatorial e hospitalar e na expansão e melhoria da Educação Básica”, elencou.

 O controlador-geral do Estado, Nuno Bernardes destaca que o foco dos trabalhos da Controladoria é na realização de ações preventivas e concomitantes. "Agindo dessa maneira, tanto a sociedade tende a ser mais beneficiada, quanto a própria CGE que será mais efetiva nas suas ações", considerou.  

 

reuniao-gerau2

Escrito por Virgínia Santos   
 

Adicionar comentário

Será rejeitada a mensagem que desrespeitar a lei, apresente linguagem ou material obsceno ou ofensivo, seja de origem duvidosa, tenha finalidade comercial ou não se enquadrem no contexto do sítio. A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores.


Código de segurança
Atualizar