Mapa do SiteOutlook Mail

CGE apresenta plano de ação para aperfeiçoar trabalhos de AI

PDF Imprimir E-mail

Como piloto no projeto que busca o aperfeiçoamento das atividades de auditoria interna no Brasil, a Controladoria-Geral do Estado do Piauí (CGE-PI) criou um plano de ação para adotar as recomendações do diagnóstico realizado com base no IA-CM (Internal Audit Capability Model). O IA-CM consiste em uma ferramenta de auto-avaliação, internacionalmente aceita, com o objetivo de identificar o nível de maturidade em auditoria interna no setor público para fortalecer as atividades dos órgãos de controle interno no Brasil por meio da implantação de técnicas bem-sucedidas.

reuniao-cge-sobre-conaci

Na manhã dessa terça-feira (02), auditores da CGE conheceram os resultados do estudo que foram apresentados na última semana durante o Seminário sobre o Sistema de Controle Interno, em Brasília.

Durante a reunião com os auditores, o controlador-geral do Estado, Darcy Siqueira, explicou como se deu a escolha do Piauí como piloto no projeto, realizado por meio de parceria entre o Banco Mundial e Conselho Nacional de Controle Interno (Conaci) e ressaltou a importância do projeto.

Logo em seguida, os auditores Alexandre Chaves e Cristiana Maia apresentaram o Plano de Ação elaborado pela CGE do Piauí para atender as recomendações da avaliação do IA-CM. O plano perpassa por diversas áreas como gerenciamento de pessoal, práticas profissionais, serviços e papéis da Auditoria Interna, bem como o relacionamento e cultura organizacional e a estrutura de governança. O objetivo é tornar o trabalho cada vez mais sistematizado e alinhado às práticas internacionais de Auditoria Interna.

De acordo com o controlador-geral do Estado, Darcy Siqueira, a participação da CGE no projeto foi importante para avaliar o nível da Controladoria e buscar aperfeiçoá-la com base em padrões internacionalmente aceitos. “Em alguns aspectos fomos bem avaliados. Por exemplo, das três Controladorias avaliadas, a que teve maior relação do controle interno com o externo foi a Controladoria do Piauí. A avaliação também mostrou que a nossa estrutura organizacional está propícia para adaptações. Vamos investir em treinamentos, buscar trabalhar de forma sistematizada. Por isso estamos, permanentemente, com essa equipe trabalhando no serviço de inteligência, pensando em como melhorar nossos procedimentos, como nos capacitar, para aperfeiçoar nossos trabalhos”, disse o controlador.

Escrito por Virgínia Santos   
 

Adicionar comentário

Será rejeitada a mensagem que desrespeitar a lei, apresente linguagem ou material obsceno ou ofensivo, seja de origem duvidosa, tenha finalidade comercial ou não se enquadrem no contexto do sítio. A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores.


Código de segurança
Atualizar