Mapa do SiteOutlook Mail

CGE ajuda Sesapi a agilizar atendimento a crianças com microcefalia

PDF Imprimir E-mail

 

A Controladoria-Geral do Estado (CGE) atuou de forma efetiva na análise do aditivo ao contrato de gestão com a Associação Reabilitar para incluir atendimento a crianças diagnosticadas com má formação congênita (microcefalia) no Centro Integrado de Reabilitação (Ceir). 

O Ceir vai colocar em prática as diretrizes para a estimulação precoce de crianças de 0 a 3 anos diagnosticadas com microcefalia. Além do Ceir, os serviços serão descentralizados, tendo a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) e os Núcleos de Apoio à Saúde da Família(NASF) como parceiros na oferta dos serviços no interior do Estado. 

cge-hamon

O auditor setorial da CGE, lotado na Sesapi, Hamon Stelitano elogia a dedicação dos profissionais da Sesapi e destaca a atuação conjunta com a Procuradoria-Geral do Estado (PGE). 

"Gostaríamos de ter sido ainda mais céleres, mas não poderíamos atropelar os trâmites legais. Os mais diversos setores da Sesapi envolvidos diretamente na ação, demonstraram empenho para resolver a situação, sensibilizados pela situação crítica que vivemos hoje. Destaco também a participação da PGE que ajudou bastante na celeridade do processo", disse. 

A ação de controle ainda gerou economia de mais de R$ 180 mil por mês para os cofres públicos.

Escrito por Virgínia Santos   
 

Adicionar comentário

Será rejeitada a mensagem que desrespeitar a lei, apresente linguagem ou material obsceno ou ofensivo, seja de origem duvidosa, tenha finalidade comercial ou não se enquadrem no contexto do sítio. A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores.


Código de segurança
Atualizar