Mapa do SiteOutlook Mail

CGE acompanha Seduc em vistoria de obra em Teresina

PDF Imprimir E-mail

02.02.16 - visita seduc e cge escola - Raoni Barbosa 640x427

A Controladoria-Geral do Estado (CGE) e a Secretaria Estadual de Educação (Seduc) realizaram nesta terça-feira (02), uma vistoria em obra de construção do Centro de Educação Profissional no bairro Dirceu, em Teresina. 

O controlador-geral do Estado, Nuno Bernardes e o auditor setorial na Seduc, Duanne Ruiz Holanda acompanharam a secretária de Educação, Rejane Dias na visita à obra. Também estiveram presentes o secretário de Justiça, Daniel Oliveira e o deputado estadual Dr. Hélio. 

De acordo com a Seduc, a construção estava há um ano paralisada dentre as 309 obras encontradas e que foram retomadas. 

"Repassamos todos os recursos para o início das obras e esta escola profissionalizante possui recursos em mais de R$1 milhão em caixa para concluirmos. A escola possui modelo diferenciado, assim como a escola de Esperantina que será entregue também neste ano", ressalta a secretária Rejane Dias. 

Por meio de uma parceria entre a Seduc e o Governo Federal, a construção conta com investimento toral de R$ 11 milhões, recursos do MEC/FNDE e do Tesouro Nacional. 

O monitoramento de obras é uma das ações de controle da CGE que visam o cumprimento do cronograma estabelecido e qualidade especificada nos projetos. A obra está sendo acompanhada pelo auditor setorial na Seduc, Duanne Ruiz Holanda.

 

02.02.2016 - visita seduc e cge escola - Raoni Barbosa 640x427

De acordo com o controlador-geral do Estado, Nuno Bernardes, o monitoramento e avaliação da execução dessa obra foi um pedido da secretária de Educação. 

“A CGE está monitorando e avaliando a execução dessas obras a pedido da própria secretária de Educação, que solicitou, desde o ano passado, que a Controladoria monitorasse as principais obras da Seduc, as que envolvem maior volume de recursos e mais relevantes para o Estado. Foi assim que fizemos com o Colégio Liceu Piauiense e assim que estamos fazendo com o Centro Técnico Profissionalizante do bairro Dirceu e de Esperantina”, destacou Nuno Bernardes. 

A atuação da Controladoria consiste no monitoramento e avaliação de obras com a realização de constantes avaliações in loco, bem como reunião tanto com a equipe da Secretaria de Educação quanto com as construtoras responsáveis por cada obra para que possa ser cobrado o cronograma de execução e prazo para cumprimento. “Obtivemos êxito no Liceu e estamos avaliando, principalmente estas duas obras. Mas há várias outras que a Controladoria está atuando. O objetivo maior é que essas obras sejam entregues dentro do prazo previsto e conforme valor inicialmente contratado”, completou. 

FOTOS: Raoni Barbosa

Escrito por Virgínia Santos   
 

Adicionar comentário

Será rejeitada a mensagem que desrespeitar a lei, apresente linguagem ou material obsceno ou ofensivo, seja de origem duvidosa, tenha finalidade comercial ou não se enquadrem no contexto do sítio. A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores.


Código de segurança
Atualizar