Mapa do SiteOutlook Mail

Artigo sobre o Dia do Servidor Público - Por Augusto Bernardo Cecílio

PDF Imprimir E-mail

alt

O auditor da Secretaria Estadual de Fazenda, Augusto Bernardo Cecílio, escreveu artigo em homenagem ao servidor público publicado no Jornal Amazonas Em Tempo (30.10), Jornal do Commercio (31.10) e no Correio Braziliense-DF.

O Governo do Estado comemorou o Dia do Servidor com uma série de ações durante a 8ª Semana do Servidor, que foi encerrada na noite desta sexta-feira (1º), pelo governador Wilson Martins no Novo Parque Potycabana. No evento, foram sorteados pacotes turísticos para o Delta do Parnaíba e Barra Grande, além de 20 computadores no valor de R$ 2.700,00 para servidores efetivos em atividade. O sistema de sorteio dos computadores foi feito através de um sistema criado pela Agência de Tecnologia da Informação (ATI) tendo como base de dados a folha de pagamentos dos servidores públicos efetivos e ativos, num total de mais de 38 mil pessoas.

Durante a semana, foi entregue a maior comenda do Estado, a Medalha do Mérito Renascença, durante solenidade no Palácio de Karnak, para o servidor padrão de cada órgão, eleito pelos companheiros.

Leia o artigo de Augusto Bernardo Cecílio na íntegra:

Fundamental para uma boa administração e para as práticas das políticas públicas, o serviço público é uma das mais importantes tarefas de uma nação. Acessíveis a todos os brasileiros, os cargos públicos são criados por lei, com denominação própria e vencimento pago pelos cofres públicos para provimento em caráter efetivo ou em comissão.

É interessante identificar em todas as civilizações a importância do tratamento dado aos que exerciam funções de governo, desde os cargos desempenhados pelos escribas até os que cuidavam dos sinetes do príncipe. Nenhum povo, desde os primórdios deixou de, por formas diversas, respeitar aqueles que se dedicavam à função pública, ora por reverência, reconhecimento ou gratidão, ora por interesse pessoal ou mero temor.

A realidade nos dá conta de que o homem se investiu de função pública pela própria e natural necessidade de fazer frente aos empreendimentos que trouxeram e trazem à tona a realização dos desejos e anseios coletivos da própria sociedade. Portanto, o servidor público é dotado de ingredientes que permeiem diferentes interesses populares.

Em todos os inúmeros meandros do serviço público, assim como em qualquer atividade humana, há os bons e os maus, os que cumprem e os que não cumprem o seu dever. No Dia do Servidor Público, comemorado no dia 28 de outubro, é de nossa vontade que tenham recebido, os bons e verdadeiros servidores públicos, a nossa homenagem, a nossa gratidão e o nosso apelo para que sempre façam o melhor pelo serviço público e o exerçam com orgulho.

Para o consultor organizacional Francisco Campos, flexibilidade, percepção aguçada, foco nos resultados e orientação voltada para o cliente são as principais virtudes do novo servidor público, com destaque para a ética pessoal nas relações de trabalho, seja com o público interno ou externo, sendo fundamental que a instituição valide as ações de seus servidores para que estes possam enfrentar desafios com motivação e orgulho. Por outro lado, os servidores precisam enaltecer o espírito público de sua atividade, assumindo a responsabilidade de cuidar da instituição da qual fazem parte, já que hoje já não existe mais espaço para o antigo conceito de “funcionário público”, que foi substituído pelo moderno “servidor público”, pois todos nós, líderes e liderados, nascemos para servir uns aos outros.

Concluindo, como atrair para o serviço público cidadãos que pensem em primeiro lugar no bem de todos? Como manter e estimular os que no serviço público se sacrificam pelo bem de todos? Como evitar a evasão desses abnegados brasileiros? Como retribuir, com base no merecimento e não em critérios casuísticos os que se dedicam à função pública? Esse já não deve ser um desafio restrito a governantes, mas a todos os cidadãos de bem. Que se discuta com cuidado esse assunto na mídia, nas igrejas, nas universidades, em toda parte. Silenciar sobre tal assunto neste dia é comemorar apenas com feriado uma data que merece exame de consciência nacional.

Escrito por Virgínia Santos   
 

Adicionar comentário

Será rejeitada a mensagem que desrespeitar a lei, apresente linguagem ou material obsceno ou ofensivo, seja de origem duvidosa, tenha finalidade comercial ou não se enquadrem no contexto do sítio. A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores.


Código de segurança
Atualizar